Área do Cliente

Utilize este formulário para acessar a ferramenta
cadastrar/editar produtos e informações da empresa

Para acessar sua conta, utilize uma das opções ao lado.

Caso ainda não tenha uma conta em nosso site,
cadastre-se aqui ou entre em contato conosco.

Login - Administrador

Digite o usuário principal
O usuário automáticamente é autenticado junto a ACIPI - Piracicaba.
Digite a senha cadastrada na ferramenta
A Senha é fornecida por email pela ACIPI - Piracicaba.

Aedes do Bem é apresentado na ACIPI Piracicaba - SP -29/07/2016

Membros da Diretoria Executiva e Conselho Consultivo da ACIPI conheceram, na reunião ordinária de julho, o projeto “Aedes do Bem”, que usa a tecnologia da modificação genética para o combate ao mosquito, que é transmissor da dengue, zika e chikungunya. 
 
“Ao tomar conhecimento de que a soltura dos mosquitos transgênicos contribuiu para a diminuição dos índices de incidência do inseto nos bairros contemplados pela ação do projeto, decidimos compartilhar as informações a respeito dessa prática, que é sustentável e responsável com o meio ambiente, com nosso corpo diretivo”, afirma o presidente da associação, Paulo Roberto Checoli, que completa: “enquanto entidade de classe, temos o papel de difusor de informação. Por esse motivo, aproveitando a oportunidade de nossa reunião, trouxemos a equipe responsável pelo projeto para nossa compartilhar esse conhecimento. Nossa diretoria é composta por empresários de variados segmentos, portes e corredores da cidade, os quais podem multiplicar esses ensinamentos com seus colaboradores, que por sua vez podem levar adiante as informações a seus familiares e círculo de amizades”.
 
PROJETO - Para apresentar o projeto, o supervisor de produção da Oxitec, Guilherme Trivellato, trouxe uma amostra dos mosquitos transgênicos para demonstração. A empresa de capital estrangeiro é a desenvolvedora da tecnologia, que chegou, há dois anos, em Piracicaba. “Desde 2014, temos a autorização para trabalhar em todo o Brasil pelo Comitê de Segurança, e Piracicaba foi a primeira cidade que abraçou essa tecnologia”, disse.
 
Ele explicou que para ser efetivo no combate ao Aedes aegypti, a empresa modifica geneticamente o mosquito macho, que não pica e não transmite a doença. “Quando buscar uma fêmea para copular, os filhotes do inseto nascerão com o gene do pai, passarão pela fase de larvas, mas morrerão antes de atingirem a fase adulta. Sem chegar à fase adulta, não picaram e, assim, não transmitiram a doença”, esclareceu.
 
RESULTADOS - O projeto que começou no bairro Cecap chegou na última semana ao bairro do São Judas e até o final do ano deve contemplar bairros da região central. É o que disse Trivellato, na oportunidade.
 
“Há mais de um ano, já liberamos mais de 50 milhões do mosquito modificado no bairro do Cecap. Nessa região, verificou-se que a diminuição da quantidade do Aedes aegypti foi um pouco maior que 80%”, comenta Trivellato, que, na ocasião, também, divulgou os planos do projeto de alcance de outros bairros da cidade: “Toda a região que abrange o Centro, Bairro Alto, proximidades do rio Piracicaba, Nova Piracicaba, Vila Rezende, Nhô Quim e Monumento devem receber o projeto em breve”. 
 
Segundo Trivellato, a intenção é soltar o mosquito nessas áreas por conta da grande circulação de pessoas nessas localidades. “A expectativa é tratar a região central, que é onde as pessoas passam grande parte do dia. O mosquito do Aedes aegypti tem hábito diurno. Ao tratar a região do Centro, que recebe uma grande circulação de pessoas, temos a expectativa de que essa ação se reflita nos bairros, quando essas pessoas retornem às suas casas. Isso porque, mesmo se as pessoas forem picadas no Centro, a notificação dos casos de dengue são registradas nos bairros”, explicou.
 
 
 
 

[11/12/2017] - Bondinho de Natal: programação completa

[07/12/2017] - Operação Papai Noel tem início no dia 11/12

[05/12/2017] - Acipi estreia programa de rádio na Educativa FM

[05/12/2017] - Renovação de desconto educacional - Unimep

[04/12/2017] - Acipi é vencedora de prêmio instituído pela Facesp

[01/12/2017] - Inadimplência cai 0,9%, em setembro

[30/11/2017] - Acipi reuniu mais de 800 pessoas, em palestra com Gretz

[28/11/2017] - Marlos Melek tira dúvidas sobre a reforma trabalhista, na Acipi

[27/11/2017] - Encontro da Mulher Empresária aborda criatividade profissional

[23/11/2017] - Cai exigência do AR para negativação

Política da Qualidade
“A ACIPI – Associação Comercial e Industrial de Piracicaba, compromete-se em:
- promover o fortalecimento do comércio, indústria e serviços;
- representar os interesses da classe e das partes interessadas;
- atingir os objetivos da entidade, com base no direcionamento estratégico;
- buscar a satisfação e o desenvolvimento dos associados, fornecendo conhecimento e tecnologia;
- melhorar continuamente nossos produtos e serviços, por meio do aperfeiçoamento dos colaboradores, processos e do sistema de gestão da qualidade”.

Escopo da Certificação
Representação dos associados, incentivo ao desenvolvimento na prestação de serviços, por meio da realização de cursos, palestras, treinamentos, gestão de crédito, locação de salas e auditório, convênios na área de saúde, educação e financeira, assessoria empresarial, programa de benefícios e eventos empresariais de interesse coletivo dos associados.

http://www.sgs.com/certifiedclients
desenvolvido pela TBrWeb