Área do Cliente

Utilize este formulário para acessar a ferramenta
cadastrar/editar produtos e informações da empresa

Para acessar sua conta, utilize uma das opções ao lado.

Caso ainda não tenha uma conta em nosso site,
cadastre-se aqui ou entre em contato conosco.

Login - Administrador

Digite o usuário principal
O usuário automáticamente é autenticado junto a ACIPI - Piracicaba.
Digite a senha cadastrada na ferramenta
A Senha é fornecida por email pela ACIPI - Piracicaba.

Inadimplência do consumidor cai 0,1%, em Piracicaba Piracicaba - SP -04/09/2017

Segundo a Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito), o Indicador de Registros de Inadimplentes caiu 0,1%, em Piracicaba, na comparação mensal de julho contra o mês anterior. No resultado acumulado, a inadimplência avançou 5,8%, enquanto na variação interanual (mesmo mês do ano anterior), o indicador elevou 3,1%.
 
“A partir desses dados, vemos que, mais uma vez, a inadimplência na cidade vem seguindo em tendência de equilíbrio. O índice no acumulado do ano não se alterou, se manteve nos 5,8%, número também observado no levantamento enviado no mês passado. E até apresentou queda de 0,1% no comparativo entre julho e junho, resultado também igual ao apresentado no mês passado, quando a inadimplência apresentava mesmo crescimento no comparativo entre junho e maio”, analisa Paulo Roberto Checoli, presidente da Acipi (Associação Comercial e Industrial de Piracicaba).
 
Segundo Checoli, o movimento dos números pode estar relacionado ao recuo da inflação. “A inflação oficial (IPCA) continua desacelerando, o que, por sua vez, realimenta a perda de intensidade de aumento dos preços, contribuindo, dessa maneira, para a contenção do crescimento da inadimplência”, reflete.
 
Recuperação de crédito
 
A recuperação de crédito do consumidor, por sua vez, caiu 15,5% na comparação mensal de julho contra o mês anterior. No resultado acumulado, a recuperação permaneceu estável (0,0%), enquanto na variação interanual (mesmo mês do ano anterior), o indicador avançou 9,4%.
 
“No caso da recuperação de crédito, os resultados são menos animadores dos apresentados em meses anteriores. Um recuo de 15,5% de um mês para o outro é significativo e precisa ser observado, já que até o mês passado vinhamos tendo uma trajetória mais favorável de pessoas, deixando os cadastros do bureau de crédito, e não um recuo tão expressivo (de dois dígitos), como o visto no resultado desse último mês”, comenta Checoli.
 
Para o presidente da entidade, a queda na recuperação de crédito pode ser, também, um reflexo da melhora do ambiente de consumo. “Depois de meses observando um duro recuo do emprego na cidade, podemos perceber que, aos poucos, estamos recuperando os números dos postos de trabalho. O saldo mais recente do Caged apontou números positivos do emprego, na cidade. A inflação em queda já registra valores abaixo do centro da meta do governo. Esses dois ingredientes somados engordam a massa do conjunto de fatores que contribuiu para que as famílias voltassem a consumir. E, elas realmente voltaram consumir, como podemos ver em números recentes do IBGE, que mostraram que o consumo das famílias brasileiras voltou a crescer (1,4%) após nove trimestres seguidos de queda”, observa Checoli, que pondera: “essa volta ao consumo é fundamental para a economia. Mas, é importante ficar de olho nesse comportamento, pois ele pode trazer consigo um reflexo nesse recuo do número de pessoas que buscaram a negociação de suas dívidas e sua recuperação creditícia. É importante que o consumidor volte a comprar, mas ele deve ficar atento para não cair no endividamento”.
 

[22/05/2018] - JOGOS DA COPA - horário do comércio de rua

[21/05/2018] - 9º Seminário da Mulher Empresária

[18/05/2018] - ‘Força do Empreendorismo’ assume em julho

[16/05/2018] - Jucesp realiza encontro com profissionais na Acipi

[14/05/2018] - ELEIÇÕES - votação acontece na sexta-feira, 18 de maio

[11/05/2018] - Forças de segurança iniciam treinamentos com drones

[11/05/2018] - ICV-P tem variação positiva de 4,5% em abril

[11/05/2018] - Agenda Piracicaba - compromisso com o futuro

[10/05/2018] - Dia das Mães: horário especial do comércio de rua

[10/05/2018] - Piracicaba registra leve alta da inadimplência em março

Política da Qualidade
“A ACIPI – Associação Comercial e Industrial de Piracicaba, compromete-se em:
- promover o fortalecimento do comércio, indústria e serviços;
- representar os interesses da classe e das partes interessadas;
- atingir os objetivos da entidade, com base no direcionamento estratégico;
- buscar a satisfação e o desenvolvimento dos associados, fornecendo conhecimento e tecnologia;
- melhorar continuamente nossos produtos e serviços, por meio do aperfeiçoamento dos colaboradores, processos e do sistema de gestão da qualidade”.

Escopo da Certificação
Representação dos associados, incentivo ao desenvolvimento na prestação de serviços, por meio da realização de cursos, palestras, treinamentos, gestão de crédito, locação de salas e auditório, convênios na área de saúde, educação e financeira, assessoria empresarial, programa de benefícios e eventos empresariais de interesse coletivo dos associados.

http://www.sgs.com/certifiedclients
desenvolvido pela TBrWeb